Tiny Book

04/09/2012

Resenha: Para Sempre - Alyson Noël


Para Sempre - Alyson Noël


Editora: Intrínseca
Ano de Lançamento: 2009
Páginas: 255
Classificação: 
ISBN: 9788598078625


Sinopse do Livro: Ever Bloom tinha uma vida perfeita: era uma garota popular, acabara de se tornar líder de torcida do principal time da escola e morava numa casa maravilhosa, com o pai, a mãe, uma irmãzinha e a cadela Buttercup. Nada no mundo parecia capaz de interferir em sua felicidade, o céu era o limite! Até que um desastre de automóvel transformou tudo em um pesadelo angustiante. Ever perdeu toda a sua família. Mudou de cidade, de escola, de amigos, e agora, além de todas essas transformações em sua vida, ela precisa aprender a conviver com uma realidade insuportável: após o acidente, ela adquiriu dons especiais. Ever enxerga a aura das outras pessoas, pode ouvir seus pensamentos e, com um simples toque, é capaz de conhecer a vida inteira de alguém. É insuportável. Ela foge do contato humano, esconde-se sob um capuz e não tira dos ouvidos os fones do i-pod, cujo som alto encobre o som das mentes a seu redor. Até que surge Damen. Tudo parece cessar quando ele se aproxima. Só ele consegue calar as vozes que a perturbam tão intensamente. Ever não entende o porquê disso, mas é incapaz de resistir à paz que ele lhe proporciona, à sensação de, novamente, ser uma pessoa normal. Ela não faz ideia de quem ou o quê Damen realmente é. Sua única certeza é estar cada vez mais envolvida... e apaixonada.

Minha Critica: Não me entenda mal. O livro da Alyson Noël não é ruim. Ele possui algumas sacadas interessantes, como a irmãzinha fantasma da Ever, o amigo Miles e a vidente, cuja aparição foi um verdadeiro sopro de ar fresco. A narrativa é repetitiva e francamente, não sei o porque de dedicar três capítulos para enumerar as maravilhas do Damen. Mas o alívio dura pouco. Porque tem que se aturar a Ever, que sinceramente, é um dos personagens mais estranhos que já conheci. E não é estranho bacana, tipo Lisbeth Salander. E sim do tipo insípido, inodoro e incolor. Mesmo Bella Swan tem algumas boas tiradas e um bom senso de humor. Ever? Ever se esconde debaixo do capuz. Nada contra personagens deslocados. Acho que eles rendem histórias ótimas. Porque um dia, eles descobrem que são bruxos. (Harry Potter) Ou que possuem poderes que podem abrir a porta dos Reinos (Gemma Doyle). Mas Ever está ocupda demais tentando entender Damen. Damen. Por onde começar? Ah, sim, Damen é lindo de morrer. Damen pinta como Picasso. Damen se move tão rápido, que ninguém, a não ser Ever, percebe. E Damen também curte brincar de "adivinha o que eu sou?" a maior parte do tempo, tanto com o leitor como com Ever. No começo, é um recurso interessante. Depois de dez capítulos? Começa a ficar bem chato. Eu procurei insistir o máximo que consegui. Mas não vejo sentido em continuar lendo algo que não está me agradando. Tem outros livros, bem melhores por aí. A fila anda. Mesmo correndo o risco de levar vários "não gostei", eu não recomendo esse livro.

                                                              - Mary Jones.

4 comentários:

  1. Concordo. No inicio confesso que até que gostei. Mas depois cai na real, tô no 3º livro da saga e tô achando um "lixo". Ever é muito obcecada, ciumenta, vive de capuz, e não para de falar no Damen. De acordo com o livro ela era linda, que tipo de menina que se diz linda vive vestida de menino. ahh! E sem contar que é a história toda ela querendo saber de Damen, o passado dele, com quem ele já namorou,como ele ficou rico,oque ele é... Ah isso cansa. Não recomendo.

    ResponderExcluir
  2. Essa série é um horror, li até o quinto porque ganhei, mais depois vendi.

    ResponderExcluir
  3. Caramba! rsrs
    Pela sinopse esse livro parece ser incrível. Há bastante tempo o vejo na livraria e desde a primeira vez fico morrendo de vontade de comprá-lo... Ainda bem que decidi por outros livros! Ainda vou lê-lo um dia, mas fica para depois né? rsrs
    Parabéns pela resenha Mary!
    :)
    Abraços...

    http://gihfigueiredo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Fique a vontade para expressar sua opinião sobre o post acima, mas evite cometer ataques pessoais; e não use esse canal para degredir alguém.

Leitoras Compulsivas
Ler é o que importa...